Aferição de Bico no Posto: Garantia de Confiança e Precisão para o Seu Cliente (e o Seu Bolso!) ⛽️

Aferição de Bicos em Postos de Combustível

No mundo dos postos de combustível, a confiança é um ativo valioso. Afinal, estamos lidando com um produto invisível e que, muitas vezes, o cliente considera caro. A desconfiança do consumidor, especialmente quando o ponteiro do carro não parece subir como esperado, é um desafio constante.

Mas calma, se você tem uma equipe profissional, sabe que essa é a hora de fortalecer o relacionamento com o cliente! Afinal, se ele questiona, ainda confia no seu posto. E a aferição de bico é a chave para resolver a questão e garantir a precisão do abastecimento.

O Mistério do Ponteiro que Não Sobe: Entendendo o Sensor de Combustível

Antes de mergulharmos na aferição, vamos entender por que o ponteiro do carro às vezes parece não colaborar. O segredo está no sensor de nível do tanque de combustível, composto por duas peças principais:

      • Flutuador (boia): Mede o nível de combustível no tanque.

      • Medidor do painel: Mostra o nível de combustível para o motorista.

    O funcionamento é simples: quando o tanque está cheio, o flutuador fica lá em cima, enviando um sinal forte para o medidor do painel. À medida que o combustível diminui, o flutuador desce, o sinal enfraquece e o ponteiro no painel também desce. Mas, como toda tecnologia, o sensor pode ter panes momentâneas, daí a importância da aferição.

    Aferição de Bombas: O Que É e Por Que Fazer?

    A aferição de bombas é um procedimento obrigatório no Brasil, regulamentado pela PORTARIA Nº 227/2022. Ela garante que a quantidade de combustível que sai da bomba seja exatamente a mesma que aparece no visor. Para isso, usamos um balde aferidor com 20 litros, certificado pelo INMETRO, e comparamos com a quantidade que a bomba indica.

    Aferição em Números: Tolerância e Prazos

    A portaria estabelece um limite de tolerância de 100ml para mais ou para menos. Ou seja, se a bomba marcar 20 litros, o balde aferidor deve ter entre 19,9 e 20,1 litros.

    E fique atento aos prazos! A vida útil das bombas varia conforme o ano de fabricação, então, confira a Portaria nº 559/2016 para saber quando a sua precisa ser substituída.

     

    Mãos à Obra: Como Fazer a Aferição das Bombas

      1. Planejamento: Escolha horários de menor movimento e verifique se não haverá descarga de combustível nos tanques.
    1. EPIs: Utilize os equipamentos de proteção individual (luvas, avental, óculos, uniforme, calçado de segurança e máscara) recomendados pelo PPR (Programa de Proteção Respiratória).
    2. Equipamentos: Tenha em mãos funil, baldes de alumínio, cabo de aterramento, cones, fitas de sinalização e extintores de pó químico.
    3. Verificação da medida calibrada: Confira o lacre do INMETRO, a validade, o estado de conservação e a marcação do ano.
    4. Preparação: Isole a área com cones e fitas, posicione os extintores, interrompa a operação da bomba e coloque a placa de “Manutenção”.
    5. Abertura da bomba: Verifique vazamentos, limpe os sumps, confira peças, ajustes, correias e mangueiras.
    6. Segurança em primeiro lugar: Posicione-se de frente para o visor da bomba, aterre o balde e a medida calibrada, coloque a máscara e retire o bico de abastecimento.
    7. Aferição: Programe a bomba para 20 litros e encha o balde aferidor. Faça outras duas aferições, uma lenta e outra alternando a velocidade.
    8. Conferência: Compare a quantidade no balde com a indicada na bomba. Se estiver fora da tolerância, repita o teste. Se persistir, desative a bomba e chame a manutenção.
    9. Registro: Anote os dados de cada teste e despeje o combustível de volta no tanque, usando um funil de alumínio e aterramento.
    10. Administrativo: Registre as aferições no LMC (Livro de Movimentação de Combustíveis) e o volume utilizado.
    https://youtu.be/4WkwJnSzPRo

    Dica de ouro: Use um software de gestão para facilitar o registro e controle das aferições.

    Aferição em Dia, Cliente Feliz e Lucro Garantido!

    aferição de bico é um procedimento simples, mas fundamental para garantir a confiança do cliente e evitar prejuízos para o seu posto. Ao seguir este guia completo, você estará investindo na qualidade do seu serviço e na satisfação dos seus clientes.

    Compartilhe